Pias Discípulas

do Divino Mestre

Campanha da Fraternidade: despertando solidariedade

Com o tema: "Casa Comum, nossa responsabilidade", e o Lema: "Quero ver o direito brotar como fonte e correr a justiça qual riacho que não seca" (Am 5, 24), a Campanha da Fraternidade 2016 vem despertar o espírito comunitário e cristão no povo de Deus na busca do bem comum.


Também a campanha vem renovar a consciência sobre a responsabilidade de todos, pela ação da Igreja. Todos os anos, a campanha faz uma coleta.Visando tornar esta coleta, realizada no Domingo de Ramos, eficaz instrumento de solidariedade, em 1998, na 36° Assembleia Geral, a CNBB criou o Fundo Nacional de Solidariedade (FNS) (40% da coleta), o FNS, fruto do gesto concreto dos cristãos, assume o compromisso social, como importante instrumento para apoio a iniciativas de enfrentamento das condições de pobreza e miséria. O Fundo Diocesano de Solidariedade (FDS) (60% da coleta) permanecem na diocese de origem, os recursos são destinados ao apoio a projetos locais de enfrentamento da miséria e da exclusão social.


Os Fundos de Solidariedade promovem a fraternidade entre as diversas regiões do Brasil, tem por objetivo promover a erradicação de vulnerabilidade e risco social, ao atenderem projetos com dificuldade de obterem financiamento, não obstante os grandes benefícios que propiciam às populações carentes.


A metodologia adotada na concessão de recursos dos Fundos intenta o desenvolvimento local/comunitário, econômico e social, sobretudo das regiões mais necessitadas, mediante o fortalecimento das organizações comunitárias, de processos de formação cidadã e geradores de renda.


A animação e gestão dos recursos do FNS que esteve a cargo da Caritas Nacional entre 1999 e 2014, agora, assumida pela CNBB, promotora da Campanha da Fraternidade e da Coleta da Solidariedade.


Os processos de recebimento, análise, deferimento e acompanhamento de todos os projetos, são de responsabilidade do departamento Social da CNBB, conjuntamente com o Conselho Gestor do FNS-CNBB.


Para envio de projetos a Instituição deve estar em conformidade com o Edital do Fundo Nacional de Solidariedade 2015, publicado em: www.cnbb.org.br e campanhas.cnbb.org.br.


O cadastro do projeto será realizado por meio do sistema acessado em: fns.cnbb.org.br preencher por meio eletrônico todos os dados solicitados referentes ao projeto, e fazer o envio físico do projeto para: FUNDO NACIONAL DE SOLIDARIEDADE – SE/Sul Quadra 801 Conjunto “B” 70.200-014. BRASÍLIA – DF.


Após o envio, os projetos serão analisados pelo Conselho Gestor do FNS- CNBB. A Instituição poderá acompanhar os status do trâmite do projeto no sistema.

Por: PDDM
Em: 01/02/2016

Veja Também

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10
Área restrita